Nos últimos anos têm se falado muito sobre a necessidade urgente de se rever a relação entre o consumo, as cidades, as pessoas e os negócios. Não dá mais para evitar essa conversa. Esperar que o “Deus Mercado” resolva esses problemas deixa de ser uma opção. É preciso assumir a responsabilidade em relação ao futuro que se está construindo e pactuar novos hábitos. Essa palestra fala sobre uma viagem feita por Edgar Andrade à 2054 e sua visão futurista do que encontrou por lá e como começar essa mudança agora.